Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > O SIASS | UFCG, através das Divisões de Promoção à Saúde e Vigilância de Ambientes e Processos de Trabalho, desenvolve Projeto de Atenção à Saúde dos Servidores do Campus UFCG Pombal
Início do conteúdo da página
PROJETO

O SIASS | UFCG, através das Divisões de Promoção à Saúde e Vigilância de Ambientes e Processos de Trabalho, desenvolve Projeto de Atenção à Saúde dos Servidores do Campus UFCG Pombal

  • Escrito por SIASS - Unidade Campina Grande
  • Publicado: Sexta, 27 de Outubro de 2017, 10h28
  • Última atualização em Sexta, 27 de Outubro de 2017, 23h12
  • Acessos: 673
imagem sem descrição.

Segundo a Portaria Normativa nº 03 de 07/05/2010 Promoção à Saúde é o conjunto de ações dirigidas à saúde do servidor, por meio da ampliação do conhecimento da relação saúde-doença e trabalho, e objetiva o desenvolvimento de práticas de gestão, de atitudes e de comportamentos que contribuam para a proteção da saúde no âmbito individual e coletivo.

Partindo do pressuposto que o trabalho exerce uma centralidade na vida de todos nós, uma vez que ocupa uma parte considerável do nosso tempo diário, além de ser responsável pelo provimento de nossas necessidades, das mais básicas até as mais complexas, entendemos que o desenvolvimento da atividade laboral possui relação direta com o conceito ampliado do que seja uma vida saudável.

Essa concepção parte da premissa que o trabalho pode se dar num ambiente e condições que favoreçam o desenvolvimento de habilidades, estimule capacidades e promova a realização pessoal e profissional, assim como por outro lado, pode se dar em um ambiente desorganizado, conflituoso e inadequado, provocando ou agravando estados de stress, ansiedade, instabilidade emocional e situações de assédio moral.

Um ambiente saudável é aquele em que cada trabalhador possui condições físicas, materiais e emocionais adequadas à realização das tarefas que lhe são atribuídas. Para tanto é necessário que se tenha condições ergonômicas e de segurança adequadas, clareza dos objetivos da instituição e do respectivo setor de trabalho, das tarefas e responsabilidades a serem desempenhadas por cada um, das expectativas da chefia, das habilidades e capacidades necessárias para o desempenho das funções ali exercidas.

Desse modo quanto mais saudável for um ambiente de trabalho melhores serão desempenhadas as funções de cada servidor –seja ele gestor, técnico, docente ou terceirizado-, mais favorável será o clima organizacional da instituição, maiores serão as possibilidades de aperfeiçoamentos e menores as chances de falhas, conflitos e adoecimento.  

É certo que vários outros fatores incidem sobre as possibilidades de bem-estar no trabalho, como questões objetivas e subjetivas relacionadas à história de vida, às experiências individuais e vivências sociais que constituem a personalidade e visão de mundo de cada um. Essas questões podem gerar incompatibilidades quanto a relações de hierarquia, de gênero, geracionais, raciais, de orientação sexual, de posições políticas e ideológicas de maneira geral.

O desconforto decorrente da má administração das diferenças existentes, e ausência de estímulo à empatia e respeito entre os diversos sujeitos que compõem uma instituição se expressa no clima organizacional e à semelhança de deficiências operacionais atua na contramão da qualidade dos serviços prestados e da qualidade de vida desses servidores.

É nesse sentido que a Divisão de Promoção à Saúde e a Divisão Vigilância de Ambientes e Processos de Trabalho do SIASS | UFCG, propõe o presente projeto de intervenção no Campus de Pombal, a fim de identificar as lacunas e dificuldades existentes no modus operandi e na vivência cotidiana institucional do CCTA, a fim de construir, junto aos servidores e à gestão do campus, alternativas que promovam a melhoria dos processos de trabalho, das relações interpessoais, e consequentemente da saúde dos servidores.

Divisão de Promoção à Saúde do Servidor
Divisão de Vigilância de Ambientes e Processos de Trabalho

 

Fim do conteúdo da página

authority-dying

authority-dying

authority-dying

authority-dying